Igreja Matriz da Ponta Delgada

IgrejaSenhorBomJesus
  • Local: Ponta Delgada
  • Ano de Construção: 1910
  • Orago: Senhor Bom Jesus
  • Curiosidade: O primeiro colonizador da freguesia de Ponta Delgada foi Manuel Afonso de Sanha, natural de Braga, cidade com grande devoção ao Senhor Bom Jesus, que seria transmitida também para esta freguesia. Em 1908 deu-se um grande incêndio na antiga Igreja, do qual muito pouco restou. Uma imagem de Cristo Crucificado foi uma das peças que resistiu, e ainda hoje, milhares de romeiros deslocam-se a pé até a freguesia de Ponta Delgada, para ver a tal imagem e pagar as promessas feitas ao Senhor Bom Jesus.

Capela Nossa Senhora de Fátima / Capela do Pico da Cova

CapelinhaNossaSenhoraFatima
  • Local: São Vicente
  • Ano de Construção: 1942
  • Orago: Nossa Senhora de Fátima
  • Curiosidade: Esta capela foi edificada como uma promessa a Nossa Senhora de Fátima, caso Portugal não entrasse na II Guerra Mundial. Logo após o fim da guerra, deu-se início à sua construção, bem como a angariação de fundos para a compra do relógio.

Igreja Matriz de São Vicente

IgrejasMatrizSaoVicente
  • Local: São Vicente
  • Ano de Construção: séc. XV
  • Orago: São Vicente
  • Curiosidade: Esta foi a primeira Igreja do norte da Ilha da Madeira. Devido a diversos aluviões, terremotos e outras intempéries, bem como a fraca qualidade dos materiais utilizados na sua construção, esta Igreja esteve em risco de ruir. Com a crença do povo e o entusiasmo dos padres Manuel José de Sousa e Alfredo Teodoro de Ponte Lira, foi possível recuperar a Igreja e torna-la neste belo templo.

Capela São Vicente / Capela do Calhau

CapelinhaSaoVicente
  • Local: São Vicente
  • Ano de Construção: 1691
  • Orago: São Vicente
  • Curiosidade: Segundo reza a lenda, um galeão naufragou nos mares do norte da Ilha e, para espanto do povo, foi avistada uma imagem de S. Vicente a boiar. Os populares levaram a imagem para uma pequena capela que existia na aldeia, onde passaram a venerá-la, mas a imagem desaparecia do altar, indo aparecer junto à rocha basáltica na foz da ribeira. Foi então que o povo decidiu construir uma eremita onde a imagem do santo ali pudesse permanecer, salvaguardando-os de assaltos de piratas ou corsários.

Igreja Paroquial Fajã do Penedo

IgrejaFajadoPenedo
  • Local: Boaventura
  • Ano de Construção: 1918 (antiga capela) 1941 (aumento da capela)
  • Orago: Imaculado Coração de Maria
  • Curiosidade: Esta Capela foi o primeiro templo em todo o mundo a ser edificado em honra ao Imaculado Coração de Maria, devido à mensageira do Imaculado Coração, Madre Virgínia Brites da Paixão, superiora do Convento das Mercês, a quem foi doado um terreno na Fajã do Penedo por uma amiga. Ainda hoje decorre o processo de beatificação de Madre Virgínia.

Igreja da Boaventura

IgrejaSantaQuiteriaDoutor
  • Local: Boaventura
  • Ano de Construção: 1836
  • Orago: Santa Quitéria
  • Curiosidade: Antes da construção desta Igreja, os fiéis locais tinham de se deslocar até à Igreja de Ponta Delgada, para poderem realizar os seus atos de fé. A distância e os perigosos caminhos que utilizavam faziam com que os fiéis ansiassem pela construção de uma Igreja mais próxima daquela população. Em 1733 foi criada uma ermida com invocação a Santa Quitéria, que mais tarde daria origem a esta Igreja.

Igreja do Rosário

  • Local: São Vicente
  • Ano de Construção: 1602
  • Orago: Nossa Senhora do Rosário
  • Curiosidade: A devoção a Nossa Senhora do Rosário teve o seu início em 1572, aquando da batalha de Lepanto, entre os cristãos e turcos, isto porque os cristãos atribuem a vitória à intervenção da virgem e do seu santo Rosário. A partir daí a devoção foi crescendo até se criar uma festa em sua honra, em outubro de 1848, que dura até os dias de hoje e se realiza no primeiro domingo de outubro, atraindo milhares de romeiros.

Capela do Livramento

CapelaLivramento
  • Local: São Vicente
  • Ano de Construção: 1685
  • Curiosidade: A capela de Nossa Senhora do Livramento, construída no sítio do mesmo nome, foi erguida em 1685 e caracteriza-se por uma planta simples retangular, de uma só nave. Fachada em empena com sineira em cantaria de basalto. O portal ostenta arco pleno assente sobre pilastras e é rematado por uma cornija.

Capela dos Reis Magos

CapelaReisMagos